Não achou o que procura... busque aqui através do Google!

Resultados da pesquisa

Postagem em destaque

TEMAS RECENTES DE REDAÇÃO

Separei neste post os temas de redação cobrados recentemente em diversos Concursos. Post atualizado em março de 2017. Os temas abaix...

domingo, 14 de junho de 2015

Estudo de caso TRT 3ª região


Segue mais um estudo de caso, que pode ser objeto da prova para o cargo de AJAJ: 


João ajuizou reclamatória trabalhista em face da empresa Y. No decorrer da instrução processual, após já ter sido realizada a audiência inicial, pactuaram acordo para por fim ao litígio trabalhista. 
Após, formalizarem o acordo por escrito, encaminharam petição ao juiz, com os termos do acordo, formulando pedido de homologação. 
O juiz, contudo, não homologou o acordo. O advogado de João, em face da decisão do juiz, impetrou mandado de segurança contra o referido ato, pleiteando a homologação do acordo via concessão do mandado de segurança. 
Segundo entendimento do TST, será concedida a segurança? Discorra sobre o remédio adotado pelo advogado de João. 


No caso em tela, a questão exige do candidato conhecimento sobre Mandado de Segurança, assunto sobre o qual deverá discorrer (conceito, características, prazo) e sobre entendimento sumulado do TST, especificamente, acerca da Súmula 418 do TST, a qual destaca que a homologação de acordo constitui faculdade do juiz, inexistindo direito líquido e certo tutelável pela via do mandado de segurança:


MANDADO DE SEGURANÇA VISANDO À CONCESSÃO DE LIMINAR OU HOMOLOGAÇÃO DE ACORDO (conversão das Orientações Jurisprudenciais nºs 120 e 141 da SBDI-2) - Res. 137/2005, DJ 22, 23 e 24.08.2005
A concessão de liminar ou a homologação de acordo constituem faculdade do juiz, inexistindo direito líquido e certo tutelável pela via do mandado de segurança. (ex-Ojs da SBDI-2  nºs 120 - DJ 11.08.2003 - e 141 - DJ 04.05.2004)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...